Congresso Nacional aprova regulamentação da profissão de DJ

Acredito que como toda forma de trabalho artístico, o DJ tem sua arte na forma de conduzir os toca discos, na produção de suas músicas e por ai em diante. Mas como tudo no Brasil, o que da dinheiro, sempre tem alguém de olho para pegar a sua fatia, e no caso nada mais, nada menos que nosso querido governo para cobrar os impostos, e poder também curtir suas festas no senado em grande estilo, com DJ e tudo que eles possam ter direito com o dinheiro pago pelo nossos impostos.

Foi aprovado um projeto de lei que regulamenta a profissão de DJ e onde foi publicado no Diário Oficial no mês de março. O Projeto de Lei do Senado nº 740 é de autoria do senador Romeu Tuma (PTB-SP) e, através dele, a figura do DJ é incorporada na categoria de Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversão.

Segundo o texto, o projeto aplica-se a lei àqueles que, previamente inscritos no Ministério do Trabalho e Emprego, tiverem seu serviço esses profissionais para a realização de espetáculos, eventos, festas, comícios, programas, produções ou mensagens publicitárias.

Para seu registro, os profissionais devem possuir diploma de curso profissionalizante e atestado de capacitação profissional fornecido pelo sindicato representativo da categoria. O modelo de contrato de trabalho será definido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Os eventos realizados com a utilização de profissionais estrangeiros deverão ter a participação de, pelo menos, 70% de profissionais nacionais.

Legal né? DJ com carteira assinada… Então me diz o que você vai achar quando tiver que declar o imposto de renda…

Colabore com o blog, envie-nos sugestões para contato@uteisefuteis.com.br . Em busca de uma parceria inteligente entre blogs? clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *